CUIDADO COM A “TÓPICA E A RETÓRICA”

Meus irmãos, não tem mistério em tentar explicar por que passamos por uma formatação tão bem feita, que nos prendeu por longos anos na seita. (Até rimou!!!).

Lavagem cerebral, técnicas de hipnose, mensagens subliminares e argumentações falaciosas englobam todas as modalidades que podem ser usadas, de forma diabólica, para bombardear as mentes das pessoas, convencendo daquilo que se deseja, essa é a verificação!

Vou tentar nesta postagem abrir os olhos dos irmãos com relação a uma delas, bem simples depois que conhecemos, mas que é muito forte para esse propósito: a tópica e a retórica.

Toda exposição de um assunto, seja oral ou escrita, é dividida em três partes básicas, as quais bem sabemos: introdução, desenvolvimento e conclusão.

Pois bem, o mau uso da tópica e retórica emite na introdução e no desenvolvimento verdades, enquanto na conclusão introjeta uma mentira, visando a absorção desta mentira na mente do público alvo. O  bom uso dessa técnica é simplesmente ser verdadeiro até o fim do discurso.

A ideia é bem simples: fala-se algo universal, consensual, como chamariz, e para dar uma espécie de confiabilidade ao emissor da mensagem, e depois se desenvolve também com verdades, mas ao fim, aproveitando-se da baixa resistência dos ouvintes ou leitores, argumenta-se falaciosamente. Nesse momento, a atenção e a investigação do receptor devem estar apuradas, para primordialmente evitar que seja impregnada a sua mente com algo que posteriormente vai ser difícil de ser revisto como um erro. Entendeu?

Vou provar agora, usando algumas doutrinas principais da seita icemítica, que os meia-solas usam dessa técnica para disseminar heresias:

Uso os índices: I-introdução, D-desenvolvimento e C-conclusão.

1) I – Todos somos pecadores – VERDADE; D – O sangue de Jesus tem poder para nos remir de todo o pecado! “Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo” (Efésios 2:13) – VERDADE; C – Então devemos clamar pelo poder do sangue de jesus – MENTIRA! Não há esse ensino na Palavra de  Deus, muito menos uma citação sequer de alguém que tenha clamado pelo poder do sangue de jesus na Bíblia.

2) I – Nem todos entendem a Bíblia – VERDADE; D – “…a Letra Mata, mas o Espírito Vivifica” (2 Coríntios 3:6) – VERDADE; C – Precisamos então interpretar a Bíblia com um “mistério além da letra”, o qual chamamos de palavra revelada – MENTIRA! A bíblia não é uma lei falha, com lacunas, que careça de interpretação por decreto de ninguém, muito menos do pes!

3) I – Precisamos conhecer a verdade do Senhor para as nossas vidas – VERDADE; D – “Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.” (João 17 : 17) – VERDADE; C – Então devemos usar de consultar à palavra para sabermos se devemos fazer ou não alguma coisa – MENTIRA! Deus não ensina esse tipo de conduta, em abrir a bíblia aleatoriamente, para dizer que Deus fale por meio dessa prática a respeito de algo específico e importante da nossa vida.

4) I – A Graça de Deus é condição “sine qua non” para a sua sustentação em Sua presença – VERDADE; D – Precisamos conhecer meios para se chegar a essa Graça – VERDADE; C – Utilizaremos então as madrugadas, jejuns, orações, louvores e a palavra como “meios de graça” – MENTIRA! Graça é favor imerecido. Não precisamos achar que com nosso esforço acharemos graça, já a temos sem merecimento. Além disso, só há um meio de graça, a fé, “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.” (Efésios 2:8).

5) I – Toda autoridade deve ser respeitada e os pastores são ungidos do Senhor. No sentido de “governo”, motivo da unção na Bíblia, pode ser entendida essa afirmação como VERDADE; D – A Bíblia diz: “Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas” (Salmo 105:15) – VERDADE; C – Toda e qualquer atitude do pastor não pode ser questionada – MENTIRA! Essa unção não confere ao pastor um super revestimento, a ponto de ser considerado perfeito em suas posturas.

Percebeu como funciona? Usei algumas expressões um pouco rebuscadas para acentuar o que realmente acontece. A intenção é transmitir conhecimento, superioridade e principalmente confiabilidade para, como já disse, minar a resistência dos desavisados que recebem a mensagem.

Em se tratando da seita maranática, então, abramos bastante os nossos olhos para tais artifícios daqui para a frente. Mantenha a atenção até o fim. Questione, se não tem conhecimento, para que seja provado na Palavra de Deus. Use tal livro como manual de consulta constantemente. Do contrário poderá ser alvo fácil de enormes heresias.

Um abraço fraternal a todos!

9 Respostas para “CUIDADO COM A “TÓPICA E A RETÓRICA”

  1. Gostei imenso desta publicação, vivi e convivi nessa seita, mas graças a Deus estou liberto em nome de Jesus. apos de ser ameaçado com maldições e mentiras de sujar o nome, posso dizer que esses sites têm sido de grande ajuda, pois nos sentimos que não estamos sós.
    um abraço de Luanda-Angola.

    • Meu querido irmão angolano,
      É uma imensa satisfação em recebê-lo aqui!
      Claro que não estás sozinho!
      Há uma multidão de servos se libertando da escravidão da seita!
      A verdade que é JESUS nos alcançou!
      Louvado Seja o Nome do Senhor!
      Fique à vontade, meu irmão!
      O espaço é nosso!
      Alandati

  2. Prezado irmão angolano,
    Que benção saber que a liberdade está atravessando mares e chegando aos continentes. É bom saber que os irmãos do exterior não estão enganados.
    Um conselho, ao sair avise aos irmãos, envie e-mails dizendo que saiu e porque saiu. É importante que todos saibam os motivos porque certamente as calúnias, maldições e difamações virão por parte dos meia solas remendadas do PES. Mas não tenha medo porque a maldição sem causa não o alcançará.

    “Como o pássaro no seu vaguear, como a andorinha no seu voo, assim a maldição sem causa não virá.” PV26:2

    A paz do Senhor Jesus.
    Eurípia Inês

  3. Pingback: seita maranata – irmãos em luanda angol são libertos da orba de gedelti – Glória a Deus! « maanaim da maranata·

  4. Pingback: seita “igreja” maranata – irmãos em luanda, angola são libertos da obra maranata de gedelti « a obra revelada da icm maranata·

      • Eu que agradeço o apresso. Quanto mais nos unirmos para mostrar a verdade dessa seita, mais pessoas serão libertas e viverão a plenitude do Evangelho puro e simples de Jesus. Estamos juntos nessa luta, por amor ao Senhor Jesus!
        Que Deus continue abençoando a todos.

  5. Pingback: seita "igreja" maranata – irmãos em luanda, angola são libertos da obra maranata de gedelti – Testemunhos de retirantes da maranata·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s