OS FLUXOS DAS TORNEIRAS DA OBRA NÃO SÃO MAIS OS MESMOS

torneira da obra

Quem vê  as medidas atuais que a obra está tomando, no sentido de tentar levantar a sua moral, que com certeza ficou abalada após os escândalos, pode primeiramente pensar que a preocupação estaria em tentar manter os seus membros e ainda buscar trazer de volta os que se retiraram.

Notemos que o número de grandes reuniões, antes chamadas de grandes evangelizações, está aumentando; as “modas” estão mudando no gedeltismo, pois agora pode usar bermuda, calça, as irmãs podem pregar, aceita-se teologia, permite-se louvor gospel, e não só os “revelados” na obra; além disso, foi contratada uma profissional do marketing para “reconstruir a imagem” da instituição. Veja a notícia abaixo:

Foto: Para não cair no esquecimento.

Mas, cá pra nós, a intenção seria mesmo as pessoas? A estrutura piramidal estaria envidando esforços pela preocupação de afastamento de vidas da obra maravilhosa revelada, para o “mundo” ou para as “primas” (termo jocoso direcionado a outras denominações, usado por muitos icemíticos)?

Óbvio que não! Provo com uma afirmação que foi deveras repetida durante todos esses anos de atuação da seita maranata, e que não pode ser negada por ninguém que tenha andado envolvido com o sistema de disseminação de heresias, proselitismo, sectarismo, apostasias, meias-verdades, idolatrias, facciosismo, discriminação, preconceitos, e alguns, delitos (ainda em tese) da obra. Segue:

“A OBRA NÃO PRECISA DE VOCÊ!”

Diante dessa máxima, que a obra não precisa dos membros, qual seria então a preocupação atual, mudando o curso das coisas por dentro da obra revelada, antes imutável, agora total-flex? Será que a resposta pode estar na imagem e no título do presente artigo?

Vamos fazer um pequeno exercício de raciocínio matemático, para ver se algum sinal a respeito disso consigamos demonstrar. Bem, utilizando a própria informação do gedeltismo sobre a existência de 5.000 templos, poderíamos estimar uma média de 400 membros por cada unidade local. Se cada um recebesse um salário mínimo nacional (R$ 724,00), e todos contribuíssem fielmente com o “dízimo” (R$ 72,40), chegaríamos à soma de R$ 144.800.000,00 (CENTO E QUARENTA E QUATRO MILHÕES E OITOCENTOS MIL REAIS):

Veja a memória de cálculo: (5.000) X (400) X (R$ 72,40) = R$ 144.800.000,00

Então, considerando os tempos áureos da obra, quando todos andávamos enganados, achando mesmo que estaríamos em uma coisa séria, e contribuíamos com o nosso dinheiro suado, supondo que todos recebessem salário mínimo, a arrecadação da empresa eclesiástica atingia hipoteticamente o valor aproximado de 145 MILHÕES DE REAIS MENSAL. Anualmente, esse valor multiplicado por 12, resultaria em R$ 1.740.000.000,00 (aproximados DOIS BILHÕES DE REAIS ANUAIS).

Claro que nem todos ganhariam salário mínimo, percebendo múltiplos de tal valor referencial, e ainda há verbas parlamentares, valores de inscrição para seminários de heresias, seguros, planos de saúde, ofertas, enfim, os valores mensais poderiam atingir patamares bem maiores, livre de impostos, sem serem declarados, e sem prestação de contas. “Milagre!” “Maravilha!”.

Agora, mesmo NÃO PRECISANDO DE VOCÊ, a obra demonstra imenso esforço para te manter nos seus domínios ou trazer você de volta! Diante das evidências que mostram que as torneiras da obra estão secando, visto que a fonte, que seria o maior combustível para alimentá-las, também estaria secando, com as estradas se enchendo de retirantes, será que o motivo de tanto esforço pode ser que A OBRA NÃO PRECISA DE VOCÊ, MAS SIM DO TEU DINHEIRO?!?!?!?!??

Pensem nisso! Foge dela, povo meu!

Graça e Paz de Deus a todos! Um ótimo domingo!

Alandati.

Anúncios

10 Respostas para “OS FLUXOS DAS TORNEIRAS DA OBRA NÃO SÃO MAIS OS MESMOS

  1. A ICM nunca se interessou pelas pessoas e sim pelos lucros que elas podem dar. E nela se cumpre a palavra de Deus: “o amor do dinheiro é a raiz de muitos males”. E quantos males a ganância de Gedelti tem produzido, não é mesmo?

    • É verdade, querida irmã Maria Oliver! Para quem está atento aos acontecimentos icemíticos, isso está cada vez mais evidente: o amor ao dinheiro! Só não enxerga quem não quer!

      Para muitos ainda, que não se permitiram ver a realidade da icm como ela é, deve haver um imenso conflito em suas mentes: por um lado, uma denominação “séria”, rígida em doutrinas, “obra filho único”, repleta de bençãos e revelações, e por outro lado, desvios, perseguições, coações, enriquecimentos, discriminações, politicagens, mentiras, prisões, investigações. Será que não se percebe que são faces da mesma moeda?

      Graça e Paz de Deus! Prazer em ter a escritora Maria Oliver em nosso blog!

      Alandati.

  2. Alandati,

    Muito claro e verdadeiro o texto.
    Concordo com a Maria Oliver, a Igreja Cristã Maranata NUNCA se importou com evangelismo, com ovelha… A preocupação dela, está mais do que provado, SEMPRE foi o dinheiro.

    Além das táticas de marketing e vendas de bujingangas que você cita, veja no texto abaixo a apelação e desespero deles ao lançar mão até mesmo do assédio moral aos membros que lhes são subordinados em seus locais de trabalho.

    “Urgente ( De: Desperta, Crente. )
    Recebemos essa mensagem inbox
    “Uma nova estratégia das lideranças icemitas: Objetivando evitar o êxodo nas igrejas locais, a nova estratégia é: Os pastores icemitas que possuem membros icemitas sob seu comando, seja de qualquer seguimento, estatal ou privado, deve, sutilmente, exercer pressão sobre subordinados que por desânimo não estão indo aos cultos, para que, conjuntamente com suas respectivas famílias, retomem a posição de assiduidade nos cultos, se não, perderão possíveis oportunidades de crescimento em seus empregos. Isto está bastante evidenciado na Policia Militar, nas indústrias e nas empresas comerciais do ES.
    Nas estatais, poderão ser transferidos para os piores setores. Na indústria e no comércio poderão até serem demitidos, caso não retomem a assiduidade nos cultos.”
    Irmãos, vamos orar para que o Senhor Jesus liberte esses irmãos desse jugo ou abra portas de emprego melhores que estas onde estão sendo pressionados a servirem aos deus-obra da icm. A oração de um justo pode muito em seus efeitos. Vamos nos unir para vencer este mal. Que Deus nos abençoe.”

    Vejam que não demonstram um mínimo de respeito pelos membros e nem temor a Deus. Se acham acima do bem e do mal.

    Que horror esta seita.

    Eurípia Inês.

    • É verdade, irmã Eurípia!

      Tomei conhecimento de mais essa artimanha dos discípulos do gedeltismo, que intentam manter o cabresto, adentrando até nas vidas seculares dos membros, para que não deixam o ninho.

      Aliás, gostaria de destacar que essa atitude é bem peculiar às seitas. Todo tipo de laço é formado para prender os seguidores pelos pés. Afinal, todos são levados a crer que são “servos devedores”. Cuidado!

      Graça e Paz,

      Alandati.

  3. Estimados Alandati e Eurípia Inês
    Soube de algumas pessoas aqui em Belém que já estão tomando conhecimento das maranacutaias palacianas. E de acordo com o que uma amada irmã, que ainda se congrega lá, mas acha-se atenta a todas as informações vindas do PES sujo anunciadas pelos blogs e grupos das redes sociais, ainda se questionam: será verdade? será isso mesmo? mas se fosse mentira, eles não falavam, não é mesmo?
    Perceba a confusão na mente dos amados ficantes. Qual não deve ser o conflito no seus íntimos?
    “Para muitos ainda, que não se permitiram ver a realidade da icm como ela é, deve haver um imenso conflito em suas mentes: por um lado, uma denominação ‘séria’, rígida em doutrinas, ‘obra filho único’, repleta de bençãos e revelações, e por outro lado, desvios, perseguições, coações, enriquecimentos, discriminações, politicagens, mentiras, prisões, investigações. Será que não se percebe que são faces da mesma moeda?”
    É difícil, extremamente difícil. Diria doloroso. Vejam: a cúpula da ICMística demonstra despudoradamente a sua despreocupação com as almas e a salvação delas. O interesse principal de Gedelti foi e sempre será o acúmulo de bens materiais. O resto é fachada. De servo de Deus não tem absolutamente nada. Construiu a “obra” sobre bases de areia. Que em breve virará pó.
    Abraços fraternais em Cristo Jesus.

  4. Esta se formando uma quadrilha de pastores em D de Caxias,tem um cord.de pólo chamado Marcio Alessandro q é um laranja em uma firma q ele trabalha junto com um outro pastor chamado Alex q é um terror p os jovens da igreja de Paulicéia,esse pastor já trocou até de carro.assumiu tambem na igreja de Itatiaia um pau mandado por nome de Wilson Custódio que anda ameaçando os retirantes e ameaçando tmb os q estão p não sair.Essa quadrilha é comandada pelo mau caráter cord da região e bonequinho de GG,Edson Pinheiro q tem seus acessores,Marcos Farias matador de ovelhas,Ismael Thomaz o tarado q agarrou uma jovem dentro da sala da igreja,Sergio Murillo q fez uma reunião e disse p os obreiros largarem a familia p trabalharem no maanaim se quiserem ser diáconos.obs.Sergio Murillo tem uma firma q faz parte elétrica e essa firma esta ligada ao maanaim de P do Rio cujo o resp é o Valter Babo.esses pastores estão com carros importados,e alguns ficando ricos de forma assustadora,até quando esses irmãos vão permanecer ouvindo ameaças, revelagens e profetadas desse bando de hipócritas! um abraço aos amigos do blog.

    • Agradecemos ao irmão ze carlos pelos registros que, embora pontuais, dizendo respeito a personagens de um local específico, exemplificam e muito o que é realmente a estrutura carcomida da seita maranata.

      Graça e Paz,

      Alandati.

  5. Irmão Zé Carlos,

    Envie estas denúncias ao MP-RJ. Não há necessidade de se identificarem.
    Essa seita precisa ser investigada aí na sua região.
    Não fiquem calados! Chega de abusos desses falsos pastores!

    Eurípia Inês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s