O EFEITO DOMINÓ!

Toda denominação evangélica que surge de dissidência e disputas pelo poder eclesiástico está no caminho de dissidências, isso é só questão de tempo.

Explico: as pessoas que saem de alguma denominação por causa de um racha, e que se organizam, basicamente, com as mesmas características da onde saíram, com os mesmos defeitos.

Não é fácil mudar a mentalidade de um povo que fica 20, 30, 40 anos debaixo do comando de uma elite orgulhosamente religiosa… Infelizmente, a icm-pes é um exemplo.

Conheço denominações novas que se formaram por causa de disputas internas, que originaram novo racha, que no princípio parecia tudo estar melhor, mas à medida que o tempo passa, a coisa piora… e a tendência é ter mais rachas, porque o indivíduo saiu, mas a mente não mudou!

Pense: se você saiu de uma seita ou denominação, não se precipite: busque o SENHOR e a sua Palavra. Mergulhe nas Escrituras Sagradas, porque do SENHOR vem a direção.

Se fosse eu escolher, escolheria denominações centenárias, bem estruturadas, mas também poderia congregar em lares com amados cristãos bíblicos, nascidos de novo e de bom testemunho.

O importante é que somos templo do Espírito Santo, como declara a Palavra:

“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito Santo habita em vós?”.

 l Coríntios 3:16

O importante é crer nas promessas maravilhosas da Bíblia.

Por exemplo, esta que Jesus disse:

“Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós,pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.”.

João 15:7

Um abraço fraternal a todos irmãos em Cristo!

Pr. Eduardo Gil Vasconcellos.

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

Na matemática, como uma ciência exata, pode ser deduzida uma resposta, digamos assim, impossível, a um cálculo, apenas por perceber que alguns resultados possíveis tendem àquele resposta.

Por exemplo, quando queremos dividir a unidade (1) por ∞ (infinito). A conta seria 1 / ∞.

Se queremos dividir uma laranja para infinitas (incontáveis) pessoas, matematicamente a conta seria impossível, mas pela “regra do dominó”, chegamos a um resultado perfeitamente aceitável, acompanhando o comportamento dos resultados anteriores, bem próximos do ∞ (infinito).

Vejamos:

1 / 10 = 0,1;

1 / 1000 = 0,001;

1 / 1.000.000 = 0,000001

Percebemos que, quanto maior é o número que divide a unidade, o resultado se aproxima de ZERO.

Deduz-se então que um número infinitamente grande, ou seja, o ∞ (infinito), quando divide a unidade (número um), o resultado é ZERO, pela “regra do dominó”!

Resposta então: 1 / ∞ = 0 (ZERO).

Podemos dizer isso mesmo sem poder enxergar o infinito, visto que ele é inatingível!

O nome “regra de dominó” vem daquela brincadeira de enfileirar as peças desse jogo, espaçadas por uma distância menor que o comprimento de cada uma delas, e que, ao caírem, vão desencadeando um espetáculo vistoso aos olhos, principalmente se forem coloridos, com um belo desenho final. Quem aciona a brincadeira em um lugar, derrubando a primeira peça, não precisa ver que a última cairá no “infinito”, lugar que não está a sua vista.

Aí vem a pergunta: o que tem a ver isso com o caso icm?

Bem, os icemitas usam a revelagem, para tentar acertar o que vai acontecer no futuro, mas o sensato, simplesmente isso, pode usar a regra do dominó, e não precisa estar em um lugar ou outro para saber no que vai dar se forem tomadas determinadas atitudes. Isso é sabedoria, e vem de Deus!

O texto do nosso pastor Eduardo Gil demonstra isso nas suas palavras, que devem ser consideradas!

Pense nisso!

A Paz do Senhor!

Alandati.

Recomendo outros artigos nossos que abordam o caso icm pelo lado da ciência, a quem interessar possa:

https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/08/14/a-matemaranatica/

https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/08/13/a-dinamica-da-obra/

https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/21/o-trabalho-do-servo-inutil-na-obra-e-nulo/

Anúncios

3 Respostas para “O EFEITO DOMINÓ!

  1. concordo plenamente com os irmãos…tenho visto que irmãos que foram pra nova denominação continuam infelizmente com a mesma mentalidade de antes…reconheço que tem sido abrigo pra muitos…mas com o tempo pode se tornar pior do que a outra

  2. Eu concordo com o artigo do pr.Gil,pois pra mim foi muito difícil aceitar tudo o que aconteceu,ainda não consegui me adaptar a nenhuma outra denominação,até visito uma IAD.É complicado pelo menos pra mim acreditar no que é dito,mais eu tenho pedido a direção à Deus e pra que Ele faça o que for melhor pra mim.Minha cabeça ainda está confusa com tantas coisas que foram “reveladas” ou “orientadas” pra não serem feitas ou ddecisões que não eram para serem tomadas…confesso que eu não sei o que fazer,a minha única sa´da foi deixar que o nosso Deus,que é conhecedor de todas as coisas me oriente e direcione a mim e minha família,em tudo o que for preciso.

    • Irmã Aline, mergulhe de cabeça, como nunca fez, nas Escrituras. Elas testifica daquele que pode realmente libertar o homem. Esqueça esse negócio de além da letra, e busque a interpretação textual mesmo. A Bíblia é um conjunto de textos, e para isso há necessidade de interpretação.
      Vou te dizer um segredo: essa pesquisa na Palavra vai acompanhar a tua vida e de todo o servo para o resto de nossas vidas!
      Como maranatas, aprendemos a ser acomodados, confiando em vir tudo mastigado para nós. Era esse o interesse!
      Após a libertação, usemos a Palavra como livro de cabeceira, sem alegorias, dizer que isso quer dizer aquilo.
      Use a internet ou qualquer outro veículo para que seja transmitido um ensino puro das Escrituras, sempre confrontando tudo que é dito com o que o texto declara.
      Aí, a questão de mãozinha levantada, gritos, louvor avivado, e outras coisas, que um formatado icemita repudia, sendo que alguns retirantes ainda podem refutar, será um pormenor. A Verdade Bíblica tem que ser a atração principal de qualquer reunião da igreja (membros do corpo de Cristo)! O resto é perfumaria!
      Fique em Paz!
      Um abraço para a família!
      Alandati.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s