DESTILANDO O ÓDIO AOS RETIRANTES

Essa postagem é continuidade do artigo https://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/10/fugindo-do-script/, que abordou superficialmente um evento da seita ocorrido em Belo Horizonte, no dia 02.06.2012.

Acontece que o “programa” foi transmitido via grande rede, mediante acesso por senha,  e este que vos fala, acompanhou virtualmente todas as setas lançadas sobre os retirantes, emanadas do comendador, que esbravejava e cuspia suas declarações em defesa de suas heresias, enquanto cometia um forte incitamento ao ódio.

As palavras são de indignar qualquer um, seja retirante, frontalmente atacado, seja icemita, mesmo que esse último não tenha se dado conta ainda dos imensos ataques que vem sofrendo, dentro do esforço de disseminação da Linguagem do Não-Pensamento!

Vejam as anotações feitas no dia em destaque abaixo, com precisão e riqueza de detalhes, sendo que intervenho entre parêntesis, para contextualizar:

O texto base da pregação foi Judas 1:11 – “Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré.”

O texto levado pelo comendador, naquele “culto especial”, fugiu TOTALMENTE do ensino da “obra”, pois não foi condizente com os “sinais” ou “dons” entregues para a reunião, os quais transcrevo abaixo:

1) uma senhora tem um problema com uma filha de 16 anos que quer sair de casa, e no culto mudaria o seu pensamento;

2) Uma mulher orava por duas filhas e recebia segurança (???? como????), e dois anjos eram destacados para irem até onde as filhas estariam, uma dentro de uma das igrejas da maranata e outra em casa;

3) uma família estava triste porque a residência teria sido alvo de arrombamento, e através da imposição de mãos dos irmãos, era dada vitória e retirada a tristeza.

Ora, diante desses sinais, qual deles estaria de acordo com o texto que foi entregue pelo comendador? Será que a preocupação maior era falar daquilo que veio de Deus, ou de fazer uma verdadeira indução ao engano nos que estavam assistindo, a respeito dos retirantes?

Em um culo especial, onde a preocupação deveria ser de salvar o homem e falar aos possíveis visitantes presentes, do amor de Deus, de Sua misericórdia, ao contrário, serve como meio de arrogância, ameaças, teoria do medo, maldições, lavagem cerebral, disseminar heresias, pois foram citadas, segundo informações, as seguintes palavras:

“Quem cre, está salvo… quem não cre, já está condenado” (referindo-se ao projeto da “obra”);

“aqueles que vivenciaram e saíram são como o senhor fala na palavra, o cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.” (utilizando o texto bíblico de 2 Pe 2:22, e referindo-se aos retirantes, como se deixar a maranata significasse deixar o Senhor Jesus);

“aquele que sai do projeto (maranático) entra em dificuldade”;

“a apostasia sai de dentro da igreja professa, não vem de fora, do mundo não”;

“o homem tem trocado o projeto da “obra” por nada;

“ninguém entrou para o ministério pelo esgoto, ou pela escada, mas teve imposição de mãos” (criticando quem recebeu a “unção” e deixou o ninho sujo, renegando a ordenação meia-sola);

“Coré se rebelou contra o ES. E o que estava na cabeça dele era a carne” (ainda explicou que carne é o que o mundo oferece, e afirmou portanto que quem sai, toma essa decisão pela carne);

“A solução para eles (os que saíram) é a MORTE”;

“Caim, apesar de ser amigo de Deus, ele não andou no caminho do senhor. Deus não aceitou, não é porque Ele é ruim, mas porque Deus tem um projeto (na “obra maranática”) e Abel entendeu esse projeto.”

Agora, vou destacar uma heresia descarada do nosso Comendador a respeito da citação de Abel, que se encontra no livro de Hebreus 11:4, do qual transcrevo – “Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala”. Além de distorcer o texto da Palavra de Deus, comete algo mais grave, com o contundente propósito de se auto-afirmar como criador e pai da doutrina herege, a do “clamor pelo sangue de jesus”, proferindo as seguintes palavras finalísticas: “O SANGUE DE JESUS FALA”.

Irmãos, a doutrina da expiação dos pecados pelo sangue de Jesus, consequente do Seu sacrifício, não pode ser objeto de discussão por ninguém que se diga cristão. Isso portanto não é conflitante, jamais, para nós retirantes. Então, nesse sentido, o sangue de Jesus pode falar com relação à fé exercida em validar o sacrifício de Jesus, só que dizer que a partir daí, deve-se clamar pelo poder do sangue de Jesus, enquanto o próprio Jesus não teria dito isso em seu ministério e nenhum dos seus discípulos que o sucederam também não o praticaram nem disseram, há um enorme abismo de distância!

Meu Pai, abra os olhos dos nossos queridos irmãos para essas mentiras, heresias, falácias, devaneios, desvios da verdade, maldades, malícias, hipnoses, etc…, e que cegam!!!!!!!

Para fechar com chave de ouro, ele conclama o povo a ter um propósito de buscar com mais profundidade (mais?????? madrugada, jejuns, reuniões, ensaios, vigílias, seminários, cultos ao meio-dia, chatélite. Tem espaço para se atolar mais ainda?), e deu exemplo de como orar: “senhor, que o sacrifício não tenha sido em vão par mim”, citando ainda o texto de Apocalipse 12:11 – “E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte.”, deixando sub-entendido que os retirantes negaram o sacrifício de Jesus e critica quem questiona a sua doutrina filha querida herética “clamor pelo sangue de jesus”, ilustrando com a falácia do texto de apocalipse citado e usando como base de argumentação. Só que o texto, icemitas, NÃO FALA DA FILINHA DO COMENDADOR (CLAMOR PELO SANGUE DE JESUS), VOCÊS PODEM VER ISSO?

O ritual insano de repetir palavras mágicas “clamo pelo sangue de jesus” como panaceia (remédio para todos os males), afirmando ser doutrina, isso sim é combatido e denunciado como antibíblico, e portanto refutável, por muitos retirantes, e deveria ser o objetivo de todo aquele que procura andar com a Verdade, ou seja, com Jesus!

Icemita, quebre essa maldição de ódio. Ame as diferenças. Aprenda com elas. Isso vai ser libertador para a sua vida.

Agora, sabe o que eu acho estarrecedor? É ouvir os maranatas dizerem que não se fala sobre isso, de ódio aos retirantes, que isso é uma invenção. O pior cego é o que não quer ver…

A Paz do Senhor Jesus!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s